Seja o primeiro a compartilhar

Ancestral recém-descoberto dos polvos tinha 10 tentáculos

Polvos são conhecidos por seus oito tentáculos — seis usados como braços e dois como pernas. Mas isso nem sempre foi assim. Há milhões de anos, um ancestral desses animais apresentava um par de braços extra que foi perdido durante a história evolutiva desses animais.

Um fóssil raro

Reconstrução artística do recém-descrito vampiropode de 328 milhões de anos. (Fonte: AMNH/Reprodução)Reconstrução artística do recém-descrito vampiropode de 328 milhões de anos. (Fonte: AMNH/Reprodução)

Um novo estudo realizado por pesquisadores do Museu Americano de História Natural (AMNH) revelou que os ancestrais mais antigos dos polvos provavelmente tinham 10 tentáculos. Apesar de atualmente esses animais apresentarem seis braços e duas pernas, um fóssil de 328 milhões de anos com 10 braços carregados de ventosas sugere que eles perderam um dos pares em sua história evolutiva.

O estudo foi publicado em março deste ano na revista Nature Communications, e descreve uma nova espécie de vampiropode — o grupo que inclui polvos e lulas vampiras. Como os vampiropodes têm corpos moles, eles normalmente não produzem bons fósseis. O novo estudo é relevante porque analisa um fóssil de lula-vampiro bem preservado que pertence às coleções do Royal Ontario Museum (ROM).

“Este é o primeiro e único vampiropode conhecido a possuir 10 apêndices funcionais”, disse Christopher Whalen, pesquisador na Divisão de Paleontologia do Museu e professor da Universidade de Yale.

“Há muito entendemos que os polvos atingem a contagem de oito braços através da eliminação dos dois filamentos da lula vampiro e que esses filamentos são braços vestigiais”, continuou Whalen. “No entanto, todos os vampiropodes fósseis relatados anteriormente que preservam os apêndices têm apenas 8 braços, então este fóssil é a primeira confirmação da ideia de que todos os cefalópodes possuíam ancestralmente 10 braços”.

Braços e pernas

Outro estudo, este realizado por pesquisadores do Sea Life em 2008, constatou que os polvos possuem seis braços e duas pernas. Isso significa que os membros desses animais não são todos usados igualmente e, por isso, não podem ser considerados como oito tentáculos. Ao todo, foram realizadas cerca de 2.000 observações de polvos comuns.

O estudo foi feito analisando o comportamento dos polvos em ambiente marítimo. O que foi verificado é que esses animais utilizam as patas traseiras para passar por cima das rochas e para se deslocar no fundo do mar. Para nadar ou se impulsionar pelo oceano, eles utilizam os membros restantes.

Além disso, o estudo também revelou que os polvos têm preferência na hora de decidir qual braço eles usam para comer. Embora esses moluscos possam ser considerados ambidestros, os pesquisadores descobriram que os polvos que possuem um olho fraco tendem a favorecer o lado oposto dos braços.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.