Seja o primeiro a compartilhar

5 dos livros de ficção científica mais premiados do mundo

Os prêmios Nebula e Hugo são reconhecimentos dados às melhor obras de ficção científica produzidas em determinados períodos. O Nebula, que surgiu em 1966, é concedido pela Science Fiction and Fantasy Writers of America (SFWA). Já o prêmio Hugo (cujo nome homenageia Hugo Gernsback, o fundador da revista de ficção científica Amazing Stories) foi lançado em 1953.

Alguns livros de ficção científica são tão incríveis que já foram vencedores dos dois prêmios. Conheça 5 obras que receberam esta honra.

1. Duna, de Frank Herbert (1965)

(Fonte: Quora)(Fonte: Quora)

O romance clássico de Frank Herbert é tão importante que já gerou duas versões cinematográficas — uma em 1984, dirigida por David Lynch, e outra em 2021, dirigida por Dennis Villeneuve. 

Duna se passa no futuro distante e mostra um império intergaláctico feudal que é controlado em que casas nobres estão em guerra. Neste contexto, o livro se centra na história de Paul Atreides, da Casa Atreides, cuja família se transfere ao planeta Arrakis, única fonte do universo de uma especiaria chamada mélange. A  obra segue cultuada no mundo todo pois fala, de uma forma lúdica e instigante, sobre o contexto das disputas da política.

2. Encontro com Rama, de Arthur C. Clarke (1973)

(Fonte: Aleph)(Fonte: Aleph)

Arthur C. Clarke (autor também do clássico 2001: uma odisseia no espaço) conta uma história que se inicia quando um meteoro gigantesco atinge a Terra e destrói boa parte da Europa. Para evitar uma nova catástrofe, líderes mundiais e cientistas criam um novo sistema de monitoramento espacial chamado Spaceguard.

Cinquenta anos depois, uma nova missão é incumbida de descobrir mais sobre um novo meteoro que se aproxima, chamado Rama. Mas, diferentemente do que se imaginava, Rama se revela uma construção complexa e misteriosa, com enigmas que desafiam os conceitos humanos.

3. Neuromancer, de William Gibson (1984)

(Fonte: Amazon)(Fonte: Amazon)

Neuromancer é um clássico famosíssimo, e deu origem ao conceito de ciberespaço, prevendo como seria posteriormente o ambiente da internet. O romance conta a história de Case, que é um cowboy do ciberespaço e atua como hacker

Quando seus crimes são descobertos, ele é punido com a inserção de uma toxina em seu sistema nervoso que o impede de entrar no mundo virtual. Vira, então, um andarilho. Para sobreviver, Case acaba entrando em uma jornada que mudará para sempre o mundo e a percepção que se tem sobre a realidade.

4. Deuses Americanos, de Neil Gaiman (2001)

(Fonte: Amazon)(Fonte: Amazon)

Deuses Americanos é uma obra densa e inovadora, que mistura a mitologia de várias culturas. Neil Gaiman cria uma trama centrada em Shadow Moon, que foi solto recentemente da prisão e descobre que sua mulher morreu em um acidente de carro um tanto obscuro. 

Mas logo Shadow começa a ver que há muito mais coisa acontecendo na terra, o que envolve uma disputa entre diversos deuses que aqui habitam - embora nem sempre sejam reconhecidos como divindades. A obra gerou uma série com três temporadas, disponível na StarZ e no Amazon Prime.

5. O Sindicato dos Policiais Iídiche, de Michael Chabon (2007)

(Fonte: LW Currey)(Fonte: LW Currey)

No romance O Sindicato dos Policiais Iídiche, Michael Chabon propõe um revisionismo histórico: após a Segunda Guerra Mundial, um assentamento de refugiados judeus foi estabelecido no Alasca e o estado de Israel foi destruído. Neste local, ocorre um assassinato, e o detetive Meyer Landsman recebe a tarefa de desvendar o crime.

A obra, que é um thriller, traz uma trama repleta de gângsters que se enfrentam em um contexto imaginário que provoca a pensar sobre possíveis desdobramentos de uma grande guerra.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.