Seja o primeiro a compartilhar

Vinicunca: a 'Montanha das Sete Cores' que encanta turistas

A natureza muitas vezes nos surpreende com uma variedade de paisagens que despertam curiosidade sobre a sua origem. Um dos locais que provoca esse efeito certamente é a Montanha Vinicunca, também conhecida como a Montanha das Sete Cores ou Arco-Íris.

Localizada no Peru, nos Andes, ela apresenta altitude de 5.200 metros acima do nível do mar. Bastam duas horas de viagem de Cusco para chegar ao local. Ou seja, quem visita Machu Picchu não pode perder a oportunidade de conhecer a região!

A visão das cores encanta turistas de todo o mundo. (Wikimedia)A visão das cores encanta turistas de todo o mundo. (Wikimedia)

Acredita-se que durante boa parte do tempo a beleza da montanha permaneceu ofuscada, pois Vinicunca era parcialmente coberta de gelo. Teria sido a partir da década de 90 que o derretimento das geleiras, uma possível consequência do aquecimento global, entregou uma nova paisagem que lembra o Cerro de Los Siete Colores (Purmamarca), na Argentina. 

As cores vivas presentes em Vinicunca revelam o seu passado geológico e fornecem um passaporte rico em detalhes para aqueles que desejam saber mais sobre a sua formação, resultado do deslocamento das placas tectônicas, do acúmulo de sedimentos e também da ação do tempo.

Visão panorâmica de Vinicunca. (Fonte: Wikimedia)Visão panorâmica de Vinicunca. (Fonte: Wikimedia)

O passado registrado em cores

Moldada por agentes que atuaram continuamente ao longo de milhões de anos, datando dos períodos Terciário e Quartenário, Vinicunca apresenta sedimentos tanto de origem marinha quanto de origem lacustre e fluvial, sendo fruto da oxidação de diversos minerais que ficaram dispostos em camadas.

Em entrevista à BBC, o geólogo César Muñoz explicou o que cada tonalidade da montanha revela sobre sua formação. Enquanto os tons avermelhados são compostos de argila, areia e lama, a área esverdeada é formada por uma espécie de argila rica em ferro e óxido de cobre.

A erosão possui papel importante no processo de formação da montanha. (Fonte: Unsplash)A erosão possui papel importante no processo de formação da montanha. (Fonte: Unsplash)

O branco, por sua vez, é produto do calcário e quartzo. O dourado e suas nuances, também presentes na composição mineralógica, resultam do acúmulo de arenitos calcários. Já a cor roxa evidencia a presença de argila, carbonato de cálcio e silicatos. O resultado desse conjunto, sem sombra de dúvidas, é uma visão de tirar o fôlego.

Devido ao clima mais chuvoso nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, é no período de estiagem, em agosto, que a Vinicunca proporciona uma vista que realça suas belas cores. Ao longo dos últimos anos, o local se tornou um dos destinos da América do Sul que mais tem ganhado fama entre turistas.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.